Basquete brasileiro em crise dentro e fora das quadras

  • 28 de agosto de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 33 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

Trinta anos depois da histórica conquista do ouro nos Jogos Pan-americanos de Indianápolis, o basquete brasileiro vive uma crise que parece não ter fim. Com Confederação e clubes em dificuldades financeiras, os reflexos vêm sendo sentidos dentro de quadra. Só no mês de agosto, o Brasil amargou dois vexames históricos.

 

O primeiro deles foi com a seleção feminina, que não conseguiu a classificação para o Mundial do ano que vem. Neste domingo, a seleção masculina também sofreu derrota marcante. Ao perder para porto rico na copa américa, a equipe do técnico César Guidetti está praticamente fora dos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, o que seria a primeira ausência do país no evento.

 

Confederação Brasileira de Basquetebol (CBB) vive situação complicada. Recentemente, uma auditoria apontou que as dívidas da entidade atingem a casa dos R$ 46 milhões. Ao assumir a CBB em março, a Chapa Transparência trabalhava com a informação de que as dívidas chegariam perto de R$ 17 milhões.

 

Entretanto, a nova análise constatou um número muito maior de credores, levando em conta processos civis, trabalhistas, impostos devidos e prestações de contas reprovadas pelo Tribunal de Contas da União e a Controladoria Geral da União.

 

Informações: GE

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *