CASO FIFA: Defesa de Marin acusa Dele Nero de corrupção

  • 15 de dezembro de 2017
  • Mário Freitas
  • Eles
  • 0
  • 44 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)
PMS (Realizações) Pronaica

Em sua última chance para convencer os jurados do “Caso Fifa” de que José Maria Marin é inocente, o advogado Charles Stillman apelou novamente ao argumento de que o operador da corrupção no futebol brasileiro era o atual presidente da CBF, Marco Polo Del Nero.

A tese foi a principal linha de defesa do ex-dirigente brasileiro durante todo o julgamento em Nova York, nos Estados Unidos, que começou no início de novembro e pode se encerrar nesta semana. 

Os jurados começarão a decidir a deliberação dos vereditos na manhã desta sexta.

Além de Marin, o peruano Manuel Burga e o paraguaio Juan Ángel Napout são réus no “Caso Fifa”, acusados de crimes de corrupção.

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
PMS (Realizações) Pronaica
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *