Por onde anda

José Augusto Ferreira de Jésus, ou simplestmente o zagueirão Zé Augusto, nasceu em 1953 e chegou ao Bahia, com  apenas 13 anos de idade. Após assistir o vigoroso zagueiro participando de um campeonato disputado no bairro de São Cristóvão, o então treinador Hélio Tapioca, o convidou para defender o juvenil do Bahia. E lá se foi o…

Leia Mais

Foi na cidade Paulista de Mirandopólis que nasceu o quase baiano, Hugo Aparecido. Começou a despontar o futebol em 1978, na Ponte Preta. Em 1983, veio para o Fluminense de Feira, onde ficou por 4 anos, até ser transferido para o Vitória. Depois foi para o México, onde atuou em vários clubes, entre eles o…

Leia Mais

Foi no ano de 1966, que chegou, do interior, para o Galícia, um jovem com vontade de vencer no futebol. Era o goleiro Adilson, que veio de Valença, cidade do baixo sul do estado. Não demorou para se firmar como titular da equipe. Logo, vários clubes demonstraram interesse em sua contratação. Mas o chamado clube da…

Leia Mais

Foi no ano de 1975, que Manoel Lima Matos entrou para o quadro de árbitros da Federação Bahiana de Futebol. Em 1980, já fazia parte do seleto quadro da CBF e em 1984 foi promovido à categoria de Aspirante à  FIFA. Em 1993, com 948 jogos apitados, entre eles 8 clássicos Bahia x Vitória, Mané, como…

Leia Mais

Qual é o torcedor do Vitória que não se lembra de Zé Júlio? Um camisa 9, raçudo que não tinha medo de encarar adversários. Foi revelado, em 1970, na primeira Copa Dentes de Leite, promovida pelo radialista Milton Colen, um mineiro que durante muito tempo trabalhou na crônica baiana. Zé ganhou vários títulos no Vitória, foi artilheiro do Brasil,…

Leia Mais

Jayme Saldanha foi o primeiro preparador físico do futebol baiano. Depois de concluir o curso de Educação Física, no Rio de Janeiro, foi contratado pelo Bahia. Depois, voltou para o Flamengo do Rio, com o técnico Felitas Solich, com quem já tinha trabalhado aqui em Salvador, Em seguida, voltou ao Bahia, trabalhou no Galícia e hoje está aposentado. Mora…

Leia Mais