• 23 de fevereiro de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 27 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

A Copa Verde, torneio regional disputado por equipes do Centro-Oeste, Norte e Espírito Santos, trará uma inovação para o futebol brasileiro. A partir deste ano, os árbitros da competição terão três cartões: além dos tradicionais amarelo e vermelho, o verde. Diferentemente dos outros dois, o cartão verde não será uma punição, e sim uma “homenagem pública aos esportistas que lutam por seus objetivos oferecendo bons exemplos às crianças e jovens”, descreve a CBF em nota oficial.

“O cartão representa o fair play e ações positivas que ocorrerem dentro de campo por parte dos atletas ou comissão técnica. Servirá para marcar e destacar lances importantes em prol do jogo limpo. Agora, terá o cartão físico para premiar as atitudes de fair play. Será aplicado pelo árbitro no momento da ação positiva”, explica o presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Marcos Marinho.

O cartão verde será mostrado ao jogador que revelar situações como ter tocado a mão na bola sem o árbitro perceber, admitir que uma falta marcada a favor de sua equipe não ocorreu ou parar um ataque porque um adversário está caído, por exemplo.

A fase de grupos da Copa Verde começa no dia 4 de março, com Ceilândia x Luverdense e Galvez-AC x Paysandu. Dezesseis clube se enfrentam em mata-mata até a final, nos dias 26 de abril e 17 de maio. (As informações do Correio)

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *