• 23 de abril de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 48 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
PMS (Operação Chuva 2)
PMS (Use Máscara)
PMS (Operação Chuva 1)
VIABAHIA (Maio Amarelo)
SECOM (Estado Solidário)

Com time alternativo e sem  o técnico Paulo Autuori no banco, o Atlético-PR chegou a sua segunda final de Paranaense consecutiva ao vencer o Londrina nos pênaltis, na tarde deste domingo, no estádio do Café.

 

Visando a Libertadores, o Furacão poupou os titulares e acabou perdendo para o Londrina por 2 a 1. O Tubarão estava garantindo a classificação com os gols de Paulo Rangel e Celsinho, mas Renan Paulino marcou para o Rubro Negro e levou a decisão para os Pênaltis. Rafael Gava mandou a quarta cobrança na trave e Luis Henrique cobrou o quinto e garantiu o Atlético-PR na finalíssima.

 

O Atletiba da decisão do Paranaense começa no próximo fim de semana, na Arena da Baixada. A confirmação de data e horário ainda será homologada pela Federação Paranaense de Futebol (FPF).

 

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
PMS (Operação Chuva 2)
PMS (Operação Chuva 1)
PMS (Use Máscara)
SECOM (Estado Solidário)
LemosPassos
VIABAHIA (Maio Amarelo)
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *