Ex-Corinthians tenta recomeço na Itália

  • 6 de março de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 18 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

Rubinho, busca recomeçar sua carreira. Parado desde o dia 18 de maio de 2014, quando a Juventus venceu o Cagliari por 3 a 0 pela última rodada do Campeonato Italiano. Após sair da equipe bianconera, ele ficou cerca de cinco meses sem clube.

"Treinava por conta própria em academias e alguns times de várzea perto da minha casa, em Turim. Não joguei por nenhum time amador porque precisaria me inscrever na federação. O campeonato aqui é organizado. Fiz muita musculação e aprimorei a parte física no período", disse o goleiro, ao ESPN.com.br.

No final do ano passado, ele acertou com o time da terceira divisão italiana, mas um convite feito em janeiro de 2017 pelo Genoa mudou seus planos.

"Não aparecia nada e não podia dizer não para essa oportunidade. Estava complicado. Eu não aguentava ficar sem clube, sem nada. Fiz 15 dias de treinos e fui para o banco em três partidas".

"Não deu nem tempo de me acostumar no Como. O Genoa me chamou, consegui a liberação e foi bom para mim. Uma volta às origens porque minha história na Itália começou aqui. Por causa dos bons campeonatos que fiz que muitos clubes me conheceram".

Em seu retorno ao clube genovês, o brasileiro terá que disputar uma vaga com o titular Mattia Perin, terceiro goleiro da seleção italiana na Copa do Mundo de 2014.

"Agora posso brigar por uma posição tranquilamente. Na Juventus era claro que não era possível. É um recomeço no lugar que conheço. Sei das dificuldades e das coisas boas que tem aqui. Estou matando as saudades".

(Foto:globoesporte)

 

 

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *