Fast Clube de Manaus sofre para chegar em Macapá

  • 19 de março de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 21 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

Parecia uma simples viagem. Uma rotina para os clubes brasileiros que disputam competições interestaduais. Mas para o Fast Clube foi bem do que isto. A delegação saiu de Manaus, na noite desta sexta feira, com expectativa de chegar a Macapá, para o jogo contra o Santos, pela Copa Verde, na madrugada deste sábado, após duas conexões em Brasília e Belém. Esta última etapa do vôo tem a duração de 50 minutos, mas ao tentar pousar na capital do Amapá, o comandante desisitiu, em função das fortes chuvas  que caiam na região e decidiu a voltar para Belém. Além disso, a aeronave não tinha combustível suficiente, para esperar o tempo melhorar e fazer o pouso em Macapá. Todos os integrantes da delegação do clube amazonense dormiram no aeroporto Val de Cans, em Belém, até que pegaram um outro vôo para Macapá, na manhã deste sábado. No primeiro jogo, realizado em Manuas, o Fast venceu por 1 a 0. Quem passar, enfrenta o Remo, na próxima fase. Informações e foto: Agência Futebol Interior.

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *