• 19 de março de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 34 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio

Vivendo uma fase iluminada desde o título no Aberto da Austrália, depois de seis meses longe das quadras em Grand Slams, Roger Federer manteve a escrita na final do Masters 1000 de Indian Wells. Top 10 do mundo, o suíço derrotou na final o compatriota Stan Wawrinka, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5. Esta foi a 20ª vitória de Roger sobre o terceiro colocado do ranking mundial, que venceu apenas três vezes. Ele nunca perdeu nas 14 partidas em quadras duras para o rival e levou a melhor nos três encontros na Califórnia. A única vez que perdeu para Wawrinka em uma decisão ocorreu em 2014, no Masters 1000 de Monte Carlo. 

Com a vitória, Federer subirá, no mínimo, da décima para a sétima posição no ranking, podendo ocupar o lugar do espanhol Rafael Nadal, sexto do mundo no circuito.

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
Nova Rádio
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *