Filho de Caio Júnior desmente pedido de 30 milhões de indenização

  • 5 de abril de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 28 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

Em uma solenidade realizada na tarde desta quarta-feira, em Curitiba, quando o Paraná Clube inaugurou a sala de imprensa Caio Júnior, no estádio estádio da Vila Capanema, o filho do treinador, morto no final do mês de novembro, quando o avião que levava a delegação da Chapecoense, para o jogo contra o Atlético Nacional, pela Copa Sul-Americana, caiu nas proximidades de Medellin, negou que a família tivesse entrado na Justiça, cobrando 30 milhões de reais do clube catarinense.  Matheus Saroli informou que não teve nenhuma conversa com o advogado da família, sobre a valor da indenização que será pedida, embora reconheça que o caso cabe uma ação judicial, mas até o momento, ninguém falou em valores. Na noite da última terça feira, quando houve o jogo ( Chapecoense 2 x a 1 Atlético Nacional ), valendo pela Recopa, Saroli fez um desabafo nas redes soiciais sobre a maneira como a diretoria do clube vem tratando do assunto,. Segundo ele, a relação esfriou, em virtude da política que vem sendo adotada pelos novos dirigentes,

(Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo)

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *