Jailson relata na sumula copo jogado por torcedor do Vitória

  • 10 de abril de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 47 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
SECOM (Situação Grave)
PMS (Ações Sociais)

O juiz do clássico de domingo, entre Bahia e Vitória, no estádio da Fonte Nova, Jailson Macedo Freitas, relatou na súmula o arremesso de um copo plástico com gelo em direção ao jogador Juninho do Bahia. O objeto foi lançado do local, reservado para os torcedores do Vitória. Ele relata que "aos 9 minutos do segundo tempo foi arremessado um copo descártavel, contendo gelo, pela torcida do Viória na direção do jogador da equipe do Bahia, sr. Paulo R.V. Júnior, de número 5, que se encontrava posicionado para a excução do tiro de canto". O juiz  diz ainda que o objeto não atingiu o jogador.

Em função deste relato, contido na súmula do Bax Vi, o Tribunal de Justiça Desportiva pode denunciar, não só o Vitória mas, também, o Bahia como mandante do jogo por deixar de tomar as providências capazes de previnir e reprimir o lançamento de objetos no campo. O artigo 213 do Código Brasileiro Diusciplinar de Futebol prevê pena de multa e perda de mando de campo de um a dez jogos.                                                                           

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
SECOM (Situação Grave)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *