Levir Culpi: antes do estrelato a busca por emprego

  • 26 de julho de 2017
  • Mário Freitas
  • Baú do Marão
  • 0
  • 164 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
SECOM (Situação Grave)
PMS (Ações Sociais)

Final da década de 80, eu e o companheiro, amigo e parceiro de grandes jornadas, nacionais e internacionais, Renato Lavine, fomos a Curitiba transmitir um jogo do Vitória, contra o Atlético do Paraná, na Vila Capanema, estádio Dorival de Brito, para a Rádio Cultura. Fim de jogo, além da derrota, esquecemos de contratar um taxi para nos pegar de volta. Fazia um tremendo frio em Curitiba. Não existia telefonia celular, ainda, e ficamos a imaginar como conseguir uma condução para o Hotel Ouro Verde, onde estávamos hospedados, junto com a delegação. 

De repente, surge um carrão bonito, eu e Lavine, não lembramos nem a marca nem o modelo, e o motorista falou:

– Olá. Vocês são da Bahia ?

– Sim, somos radialistas. Estamos querendo pegar um taxi para o Hotel Ouro Verde.

– Entrem aqui. Eu vou levar vocês .

– Opa! Que ótimo, muito obrigado.

De repente "o motorista" fala.

– Olha pessoal. Meu nome é Levir Culpi. Sou treinador de futebol.  Vocês são amigos de Antônio Pena? Soube que ele tem um clube lá na Bahia e gosta de fazer investimentos, é verdade ?

– É verdade, sim. E ele é nosso amigo . É gente boa e tem um clube chamado Catuense.

– Poxa. Façam este favor para mim. Salário não é problema. Preciso mostrar o meu trabalho para o Brasil. E acho que na Bahia teria esta grande oportunidade.

No caminho, entre o estádio e o hotel Ouro Verde, fomos batendo papo e, muito educado, perguntou se queriámos que, no dia seguinte, ele nos levasse para o aeroporto. Agradecemos e dissemos que não era necessário.

Por questão de fidelidade, falamos do fato no ar. Mas na verdade, Levir Culpi nunca veio trabalhar na Bahia. Hoje, dirigindo o Santos,  é um dos mais renomados técnicos do futebol brasileiro. Como costumo dizer :"a vida muda de minuto a minuto". Lavine me prometeu que se for a Santos, cobrir o jogo do Vitória, vai perguntar ao treinador se ele se recorda deste fato.

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
SECOM (Situação Grave)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *