Luto no vôlei: brasileiro morre na Espanha

  • 17 de setembro de 2018
  • Mário Freitas
  • Eles
  • 0
  • 78 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
VIABAHIA (Institucional)
JL CONTABILIDADE (novo endereço)
Motivo -> Prevenção (PMS)
SECOM (Estado Solidário)
CMS (Coronavírus)
PMS (Coronavírus)
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O mundo do vôlei está de luto. Na manhã desta segunda-feira, foi confirmada a morte do brasileiro Vinícius Noronha da Silva, que jogava no Club Voleibol Teruel, da Espanha. Não existem maiores detalhes sobre a causa da morte. Carlos Ranera, presidente do clube, declarou à agência EFE que a morte ocorreu durante a noite e ninguem sabe informar o que houve com o atleta.  Aos 26 anos, Vinícius, que jogava na equipe desde 2015, estava relacionado para viajar para a cidade de Alcañiz, onde o Teruel disputará o seu próximo jogo. Como ele não se apresentou junto com os demais jogadores, membros do clube foram até sua casa, onde o encontraram morto.

Na última temporada, ele foi eleito o melhor jogador na posição de líbero da liga espanhola e, ainda segundo Ranera, havia passado recentemente por testes de esforço e nada de relevante havia sido diagnosticado. Segundo a EFE, a autópsia do corpo do brasileiro será realizada nesta terça-feira e que a delegação do Governo em Aragão já está em contato com o Consulado do Brasil para tratar os trâmites burocráticos. Até o momento, não se sabe se o corpo do jogador será repatriado ou se sua família irá para a Espanha. Vinícius renovou recentemente o seu contrato com o clube. Anteriormente, ele já atuou também no Super Vôlei Santo. Foto: Divulgação

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
Nova Rádio
JL CONTABILIDADE (novo endereço)
CMS (Coronavírus)
SECOM (Estado Solidário)
LemosPassos
Motivo -> Prevenção (PMS)
PMS (Coronavírus)
VIABAHIA (Institucional)
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *