• 17 de março de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 33 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

E continuam as brigas, envolvendo jogadores e torcedores, no futebol brasileiro. Desta vez, o péssimo exemplo saiu na decisão do Campeonato Amapaense Sub-17, entre Ypiranga e Baré. O jogo estava se encaminhando  para o final, com o Ypiranga vencendo por 2 a 0, quando houve um desentendimento dentro de campo. O técnico do Baré, Paulo Primavera, invadiu o gramado e partiu para cima dos jogadores do adversário. E aí, a confusão foi generalizada, com troca de socos e ponta-pés, entre jogadores e comissões técnicas. A polícia foi acionada e conseguiu sanar a confusão . A Federação Amapaense de Futebol, ainda, não decidiu o que fazer com os infratores, mas é certo que o Ypiranga será proclamado campeão e quem participou da briga será punido.

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *