Mais uma emoção. Mais uma conquista do Vasco sobre o Flamengo no Maracanã

Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
SECOM (Situação Grave)
PMS (Ações Sociais)

No ano de 1987, eu estava na equipe esportiva da Rádio Cultura (AM 1140), que tinha o comando do consagrado José Ataíde. E no mês de agosto haveria um triangular final pelo Campeonato Carioca.

E fora o Campeonato Baiano, o carioca sempre despertou interesse no torcedor baiano. Aliás, de um modo geral nos torcedores do Norte e Nordeste, onde Flamengo e Vasco, principalmente, tinham muitos admiradores. E ainda tem.

Conversei com o Ataíde e disse a ele que seria importante a gente transmitir a final, que estava programada para uma tarde do domingo, dia 09 de agosto.

Disse a ele que conseguiria vender as despesas da viagem e hospedagem. E ele comprou a ideia. Afinal, seria uma final de um campeonato, que teria muito apelo popular.

– Caso você consiga vender, acho uma excelente ideia.

– Consigo e ainda vou narrar a vitória do meu Vasco sobre o seu Flamengo.

– Só não quero que isso aconteça.

Dialogamos, em tom de brincadeira, e cai em campo para vender as despesas da minha viagem. E não foi muito difícil, porque estavam classificados para disputar um quadrangular Flamengo, Vasco, Fluminense e Bangu.

Só que esse quadrangular virou um triangular. O Fluminense acionou a Justiça Comum, escalou um jogador em um de suas partidas, antes de esgotadas as instâncias esportivas, e foi eliminado da competição, pela Federação Carioca.

E desta forma, ficaram classificados para disputar o título, o Vasco, campeão da Taça Guanabara, o Bangu, campeão da Taça Rio, e o Flamengo, que segundo o regulamento entrou por ter conseguido o maior número de pontos nos dois turnos, fora os dois campeões.

Como naquele mesmo dia existia um jogo pelo Campeonato Baiano, eu fui sozinho, pois os dois jogos estavam programados para o mesmo horário.

Sendo assim, eu viajei para fazer a grande final, que foi realizada no dia 09 de agosto. Antes, já tinham sido realizados dois jogos pelo mesmo torneio triangular.

No domingo, dia 02 de agosto, o Vasco aplicou uma goleada de 4 a 0 no Bangu e na quarta-feira, dia 5, o Flamengo também venceu o Bangu por 1 a 0 e foi para a final em igualdades de condições com o Vasco.

Naquela época, o saldo de gols não era levado em consideração. E o regulamento estabelecia que os clubes que tivessem o maior número de pontos no torneio fariam a final.

E por isso, numa linda tarde de sol no Rio de Janeiro, tive mais uma grande jornada de alegria e emoção no estádio do Maracanã, que com os seus 114 mil pagantes viu o Vasco voltar s ser campeão sobre o Flamengo.

O único gol da partida foi marcado por Tita, ex-jogador do Flamengo, aos 41 minutos do primeiro tempo. Tenho esta jogada ainda em minha mente.

Romário, dominou no meio de campo, pelo lado esquerdo do ataque, invadiu, chegou perto da área e cruzou. Roberto Dinamite, ajeitou para Tita que vinha chegando e bateu forte, sem chances para o saudoso goleiro Zé Carlos. Isso aconteceu aos 41 minutos do primeiro tempo.

Mais uma vez, cinco anos depois, eu estava no então maior estádio do Mundo, transmitindo uma final do charmoso Campeonato Carioca e vendo o meu Vasco ganhar um título em cima do Flamengo.

Não faltou pressão no segundo tempo, mas o Vasco, que era comandado por Sebastião Lazaroni, resistiu, jogando com Acácio, Paulo Roberto, Donato, Fernando e Mazinho: Henrique, Luís Carlos depois Vivinho e Geovani: Tita, Roberto Dinamite, e Romário.

O Flamengo também tinha um grande time e dirigido por Antônio Lopes jogou com  Zé Carlos, Jorginho, Leandro, Aldair e Airton; Andrade, Júlio César e Zico depois Alcindo: Renato depois Kita, Bebeto e Marquinho.

Aquela emocionante decisão foi dirigida por Pedro Carlos Bregalda. E eu pude escrever nesta minha longa carreira no rádio baiano mais uma página de grandes emoções e alegria. Afinal, ganhar do Flamengo era sempre uma festa para mim.

Marão Freitas

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
SECOM (Situação Grave)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *