• 13 de março de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 21 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

Depois da pressão e protesto da Associação Mexicana de Árbitros (AMA), a Federação Mexicana alterou a pena aos jogadores Enrique Triverio, do Toluca, e Pablo Aguilar, do América, que tinham agredido árbitros na semana passada. Agora eles foram suspensos por um ano.

Na partida entre Toluca e Morelia pela Copa do México, no dia 8, Triverio empurrou Miguel Ángel Flores. O árbitro acabou expulsando  três jogadores do Toluca em cerca de um minuto. Já Aguilar deu uma cabeçada em Fernando Hernández Gómez no duelo do América contra o Tijuana, no dia 9, também em confronto pela copa mexicana.

Anteriormente, a Federação Mexicana tinha punido Triverio com oito jogos de suspensão: sete por tentativa de agressão e uma por insultos. E Aguilar por dez partidas: oito por tentativa de agressão e duas por insultos.

A AMA considerou que as punições não foram exemplares o suficiente e boicotou a décima rodada do campeonato local como forma de protesto.

Nesta segunda-feira, a Federação Mexicana reviu as punições e anunciou um ano de suspensão para os jogadores de Toluca e América.

 Além da pena, a Federação multou cada um em 450 pesos mexicanos.

Fonte: Espn

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *