Mineirinho se lesiona e abandona bateria em Peniche

  • 17 de outubro de 2018
  • Mário Freitas
  • Eles
  • 0
  • 39 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

A etapa de Peniche, em Portugal, do Circuito Mundial de Surfe masculino foi interrompida nesta terça-feira, em meio à disputa da repescagem para a terceira rodada da competição. Desta forma, o torneio foi retomado nesta quarta-feira, com o brasileiro Adriano de Souza abrindo o dia, caindo na água em bateria contra Joan Duru, da França.

 

Quando estava prestes a entrar no mar, porém, Mineirinho passou a sentir fortes dores no joelho e chegou a desabar no chão. Persistindo, em primeira instância, o brasileiro não abandonou a competição e entrou nas águas lusitanas pouco depois. Mas após duas ondas e a parcial de 4,50 alcançada, não resistiu e teve de voltar para a areia.

 

Desta forma, Joan Duru teve tempo de sobra para, sozinho na bateria, garantir a vitória, anotando a somatória de 12,83 ao fim do duelo. “Foi muito estranho, eu vi quando ele saiu da água. É uma pena, espero que fique bem”, comentou o francês, após deixar o mar.

 

Na terceira rodada, Duru terá outro brasileiro pela frente. Desta vez, o europeu encara Filipe Toledo na bateria de número sete da próxima fase.
 

 

Vale lembrar que Filipinho é um dos três surfistas que ainda tem chances de conquistar o título mundial. Na segunda colocação do ranking, com 51,450 pontos conquistados, o paulista de 23 anos compete com o compatriota Gabriel Medina, líder do campeonato com 51,770 pontos, e com o australiano Julian Wilson, terceiro colocado com 47,125. Os dois últimos seguem vivos em Peniche e também garantiram vaga na terceira rodada.
 

 

Foto: Divulgação

 

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *