O Vitória perde Lia, um ídolo do passado

  • 12 de novembro de 2018
  • Mário Freitas
  • Eles
  • 0
  • 111 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
PMS (Operação Chuva 2)
PMS (Use Máscara)
PMS (Operação Chuva 1)
VIABAHIA (Maio Amarelo)
SECOM (Estado Solidário)

Os jovens torcedores do Vitória certamente não vão se lembrar de Eliezer Lisboa Santos, o Lia. Mas, a maioria não esquece deste  atacante que marcou época na década de 50, formando uma linha de frente, e se sagrando campeão baiano de 1957:  Teotônio, Ceninho, Matos, Lia e Salvador.

No último dia 10, Lia, depois de sofrer por mais de quinze anos, em cima de  uma cama, morreu na cidade de Aracaju, e foi enterrado no Cemitério São João Batista.

Lia tinha 86 anos e, além do Vitória, jogou no Galícia, Ypiranga, Cotinguiba e Sergipe, estes dois últimos no futebol sergipano.

Foto: Divulgação

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
PMS (Operação Chuva 2)
PMS (Operação Chuva 1)
PMS (Use Máscara)
SECOM (Estado Solidário)
LemosPassos
VIABAHIA (Maio Amarelo)
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *