• 1 de março de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 52 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
PMS (Operação Chuva 2)
PMS (Use Máscara)
PMS (Operação Chuva 1)
VIABAHIA (Maio Amarelo)
SECOM (Estado Solidário)

O confronto entre Paraná e Bahia, que aconteceria neste sábado (25), já está dando o que falar. Após o adiamento, o clube paranaense demonstrou descontentamento com a decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em realocar o jogo para o domingo (26). Diretor de futebol paranista, Rodrigo Pastana, revelou que a polícia militar local já declarou que não irá fazer a segurança do jogo, o que inviabiliza sua realização. “A polícia disse que não terá jogo amanhã. Coisas do futebol. É que nem mulher traída: sempre a última a saber. Onde já se viu alterar o jogo por conta de atraso? O Paraná não tem culpa disso. Não se pode adiar um jogo às 10h, que aconteceria às 16h30. Tenho certeza que isso não aconteceria se o jogo fosse em Salvador. Agora, só temos que acatar o que a polícia e a CBF definirem”, disse, em entrevista ao Bahia Notícias. O duelo está marcado agora para às 15h, deste domingo (26), em Curitiba. Pastana, por sinal, ocupou o mesmo cargo no Tricolor. Sua passagem, em 2014, no entanto, foi curta, e durou pouco mais de três meses. (As informações do BN)

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
PMS (Operação Chuva 2)
PMS (Operação Chuva 1)
PMS (Use Máscara)
SECOM (Estado Solidário)
LemosPassos
VIABAHIA (Maio Amarelo)
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *