Promotores americanos negam anulação do juri de ex-presidente da CBF

  • 22 de fevereiro de 2018
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 31 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
PMS (Coronavírus 2021)
SECOM (Situação Grave)
CMS (Brisa de Esperança)

Os promotores dos Estados Unidos que atuam no denominado Caso Fifa responderam na tarde desta quinta-feira a um recurso apresentado pelas defesas de José Maria Marin e Juan Angel Napout. Os advogados pediam a anulação das condenações e um novo julgamento. O documento que tem 76 páginas foi tornado público nesta quinta e os promotores rebateram os argumentos de Marin e Napout e recomendaram que a juíza do caso, Pamela Chen, recuse na totalidade o pedido feito pelas desefas dos réus. No mês  dezembro do ano passado, Marin e Napout foram condenados pelo júri popular do Tribunal Ferderação do Brooklyn, em Nova York, envolvidos em uma série de crimes relacionados à corrupção no futebol. Os dois estão presos enquanto aguardam a publicação de suas sentenças, o que está previsto para acontecer nos primeiros dias do mês abril.

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
Nova Rádio
PMS (Coronavírus 2021)
SECOM (Situação Grave)
CMS (Brisa de Esperança)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *