Recomendações médicas impedem ida de Pelé a Brasil x Rússia onde receberia homenagem

  • 21 de março de 2018
  • Mário Freitas
  • Eles
  • 0
  • 54 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

A CBF e a organização do amistoso da seleção brasileira contra a Rússia haviam preparado uma homenagem a Pelé, mas ele não poderá comparecer a Moscou nesta sexta-feira. Há 60 anos, o Rei do futebol fez sua estreia em Copas do Mundo justamente contra a União Soviética, que entre 1922 e 1991 abrangeu 15 repúblicas, entre elas a Rússia.

 

De acordo com a assessoria de Pelé, em razão de dores no joelho, os médicos recomendaram repouso nos próximos dias. O ex-jogador tem sofrido com problemas de locomoção. Desde 2012, Pelé passou por cirurgias no fêmur, no menisco e na coluna. Ele compareceu de cadeira de rodas no sorteio dos grupos da próxima Copa, em dezembro de 2017, também em Moscou.

 

Um vídeo de um minuto e meio com imagens históricas de Pelé seria exibido no Luzhniki, palco do amistoso, e também da abertura e final do Mundial-2018. Ele receberia uma placa e entraria em campo num corredor formado por jogadores brasileiros e russos.

 

A CBF não desistiu de homenagear o Rei pelos 60 anos de sua estreia em Copas, mas ainda não sabe se vai conseguir conciliar o evento com algum jogo da Seleção, que só atuará fora do país, pelo menos até o fim de sua participação no torneio – tem um amistoso contra a Alemanha, em Berlim, na próxima terça, e outros diante de Croácia e Áustria, na Europa, em junho.

 

Informações: GE

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *