• 31 de março de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 22 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

O que poderia ser apenas um vôo de 45 minutos, tornou a viagem do Santa Cruz de volta a Recife, depois do jogo, desta quarta-feira,  contra o Itabaiana, pela Copa do Nordeste,  uma incrivel viagem de mais de 7 horas de duração, sem contar o tempo de espera nos aeroportos. A Gol é a empresa que organiza as viagens oficiais dos clubes, nas competições promovidas pela Confederação Brasileira de Futebol. Como esta companhia aérea não opera o trecho Aracaju/Recife, a delegação pernambucana teve de sair da capital sergipana para São Paulo. De lá, do aeroporto de Guarulhos, pegou outro vôo direto para Recife. De Itabaiana para Aracaju, o Santa Cruz percorreu os 57 quilômetros de ônibus e depois foi obrigado a voar quase 4 mil quilômetros para chegar em casa. O time venceu o Itabaiana por 1 a 0, e agora pode até perder pelo mesmo placar que estará classifcado para a fase semifinal da competição.

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *