Surfista morre após ficar preso em rede de pesca no Rio de Janeiro

  • 18 de junho de 2020
  • Redação Em Cima do Lance
  • Eles
  • 0
  • 248 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
SECOM (Situação Grave)
PMS (Ações Sociais)

O empresário Guto Leite morreu na manhã desta quinta-feira (18) enquanto surfava no mar de Barra do Furado, em Quissamã, no Norte Fluminense. A morte foi confirmada pela Prefeitura local.

O município informou que ele teria ficado preso em uma rede de pesca enquanto surfava. Ele chegou a ser socorrido e levado para uma unidade de saúde, mas não resistiu.

Guto era conhecido em Campos e região por ser empresário na área de publicidade. Ele era cunhado da prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco. Amigos relatam que Guto era apaixonado por esportes e gostava de surfar.

Segundo a Prefeitura de Quissamã, o corpo ainda estava na UPA de Barra do Furado, às 13h.

O município publicou uma nota de pesar que ressalta a importância do empresário para a região.

“Guto Leite é muito querido no meio de comunicação e tem inúmeros trabalhos realizados pelo município. Aos familiares, nossa solidariedade nesse momento de dor”, diz a nota. Foto: Reprodução

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
SECOM (Situação Grave)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *