Tenista brasileiro é suspenso e investigado por manipulação

  • 7 de abril de 2019
  • Mário Freitas
  • Eles
  • 0
  • 48 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio

O tenista brasileiro João Souza, o Feijão, está suspenso do tênis profissional preventivamente pela Unidade de Integridade. Neste sábado, o comitê divulgou uma nota revelando a punição para o atleta, que ocupa atualmente a 404ª colocação do ranking da ATP e o 12º lugar da lista da ITF.

 

A última partida disputada pelo brasileiro foi no início de março, quando perdeu para o argentino Facundo Arguello na segunda rodada do Challenger de Santiago, no Chile. Entre 2014 e 2015, no seu auge, Feijão chegou a ser o número 69 do mundo.

 

"A suspensão é relativa a uma investigação da Unidade de Integridade do Tênis, que alegou violações no programa anti-corrupção e aplica a sanção a partir do dia 29 de março de 2019”, escreveu o comitê em nota.

 

“Isso significa que Souza está proibido de concorrer ou participar de qualquer evento sancionado ou reconhecido por órgãos do esporte durante esta suspensão”, completou.

 

A Unidade de Integridade de Tênis é uma iniciativa do Conselho de Grand Slam, da Federação de Tênis, da ATP e da WTA, que, em conjunto, trabalham com uma abordagem de tolerância zero à corrupção no tênis.

 

Foto: DGW Comunicação

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
Nova Rádio
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *