• 29 de março de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 30 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio

Lionaldo Santos da Silva, presidente do Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba, determinou a imediata instauração de um inquérito desportivo, a fim de apurar um suposto esquema de corrupção envolvendo o futebol paraibano. Correm rumores que alguns juízes da Federação estavam beneficando o Botafogo. A decisão atende uma solicitação da Produradoria Geral do TJD, considerando partes do inquérito o zagueiro Walter Januário de Paula Júnior (que jogou no Botafogo e atualmente defende o Rio Claro de São Paulo), como denunciante, além do do juiz João Bosco Sátiro e do próprio Botafogo da Paraíba.

O inquérito foi aberto, em função de um áudio espalhado pelas redes sociais, atribuido ao zagueiro Walter em que este teria revelado como funcionava o esquema de corrupção para beneficiar  o Botafogo da Paraíba, em jogos do campeonato local. Em outro áudio, também circulando nas redes sociais, o jogador negou que fez qualquer tipo de denúncia sobre este assunto. Mas os auditores do Tribunal não se conformaram com esta reparação do atleta e o caso vai prosseguir

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
Nova Rádio
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *