UFC: Brasileiro quebra jejum e é o novo campeão peso-mosca

  • 19 de julho de 2020
  • Redação Em Cima do Lance
  • UFC
  • 0
  • 109 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

Com um massacre, o brasileiro Deiveson Figueiredo aplicou três knockdowns e encaixou quatro vezes um mata-leão para finalizar Joseph Benavidez com a posição aos 4m48s do primeiro round e conquistou o cinturão do peso-mosca (até 57kg), na luta principal do UFC, neste sábado, em Abu Dhabi, na Ilha da Luta.

– Estou muito feliz, trabalhei duro para isso, sabia que meu momento ia chegar. Essa é a hora. Vou trabalhar duro para manter por muito tempo. Eu sou o campeão e estarei sempre preparado para os próximos desafios. Eu sou um cara que veio do Marajó, desde criança trabalho com animais bravos, adquiri o instinto selvagem destes animais e sou um feroz dentro do octógono. Eu queria dar este show e levar o cinturão para minha cidade, Soure, para Belém do Pará e levar o cinturão para todos os brasileiros. É nosso! Eu sou o campeão, p***! – disparou Deiveson, após a vitória. Foto: Getty Images

UFC: Figueiredo x Benavidez 2
18 de julho de 2020, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi

CARD PRINCIPAL:
Deiveson Figueiredo venceu Joseph Benavidez por finalização aos 4m48s do R1
Jack Hermansson venceu Kelvin Gastelum por finalização a 1m18s do R1
Rafael Fiziev venceu Marc Diakiese por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)
Ariane Lipski venceu Luana Dread por finalização a 1m28s do R1
Askar Askarov venceu Alexandre Pantoja por decisão unânime (triplo 29-28)

CARD PRELIMINAR:
Roman Dolidze venceu Khadis Ibragimov por nocaute técnico aos 4m15s do R1
Grant Dawson venceu Nad Narimani por decisão unânime (30-26, 30-27 e 29-27)
Joel Alvarez venceu Joe Duffy por finalização aos 2m25s do R1
Brett Johns venceu Montel Jackson por decisão unânime (triplo 29-28)
Amir Albazi venceu Malcolm Gordon por finalização aos 4m42s do R1
Arman Tsarukyan venceu Davi Ramos por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Sergey Spivak venceu Carlos Boi por decisão majoritária (29-27, 29-27 e 28-28)

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *