• 18 de abril de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 23 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

Depois de o Tricolor entrar com uma liminar para garantir o jogo no Maracanã como mandante, no sábado, pela semifinal do Campeonato Carioca, o Cruz-Maltino vai entrar com um recurso nesta terça-feira para cassar a decisão.

 

A alegação do Vasco é de que o Maracanã é campo neutro, e o mando do Fluminense seria exercido apenas para questões logísticas. O exemplo é a final da Taça Rio, em que o Cruz-Maltino, mesmo mandante, enfrentou o Botafogo no Engenhão. O estádio, aliás, é opção caso não haja acordo.

 

Outro argumento cruz-maltino diz respeito às finanças. O clube quer que as despesas e a renda sejam divididas. O artigo 80 do Regulamento Geral de Competições diz que "nas partidas em que a renda for dividida entre os clubes, os convênios, contratos ou outros instrumentos (como, por exemplo, promoção envolvendo notas fiscais) pactuados com o governo estadual, municipal e/ou entidades privadas, somente poderão ser aplicados com a concordância do clube visitante e anuência da FERJ."

 

O Fluminense, por sua vez, se apoia no segundo parágrafo do artigo 44, que prevê que "as partidas dos clássicos, do turno semifinal e do turno final do campeonato deverão ser realizadas no Maracanã.

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *