• 22 de fevereiro de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 20 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

Dá para dizer que o Vitória tem, nesta quarta-feira, 22, o principal desafio da temporada: a obrigação de vencer em casa para se manter vivo. O Rubro-Negro terá de derrotar o Bragantino no Barradão, às 19h30, para avançar à terceira fase da Copa do Brasil.

Se perder, estará eliminado do torneio. Caso empate, terá que resolver nos pênaltis. Mas, pelo breve histórico do Leão em 2017, a missão é relativamente tranquila: até agora, o Vitória segue invicto no Barradão, com quatro triunfos em quatro jogos oficiais.

Ainda assim, o treinador Argel Fucks não vai poupar os titulares, e promove algumas novidades. Uma delas está no ataque, com o velocista Jean Paul Pineda no elenco principal. O chileno substituiu David contra o Bahia de Feira, no domingo, pelo Campeonato Baiano, e fez boa partida.

O jogador já tinha recebido elogios de Argel Fucks por conta da sua atuação contra o Flamengo de Guanambi, quando o Leão venceu por 6 a 1. Na ocasião, Argel afastou rumores de uma rixa com o atleta, pois chegou a afirmar que ele precisaria “trabalhar mais” para jogar como titular.

“O jogador tem que esperar a oportunidade. Demos oportunidade para ele no jogo contra a Juazeirense. Não é fazer rodízio, não gosto dessa palavra, mas dar oportunidade. Então, gostei muito da participação do Pineda, bela participação. Achei ele muito competitivo”, disse Argel.

Outra mudança será a entrada de Euller na lateral esquerda, posição antes ocupada por Geferson. A troca chega com alguma surpresa, já que o antigo titular, que vinha sofrendo críticas por parte da torcida, foi defendido pelo diretor de futebol Sinval Vieira.

“O Vitória não vem fazendo boas exibições, e vejo que muitas das críticas vêm caindo sobre Geferson. Mas o Vitória não toma gol pelo lado dele, o jogador que ele marca não avança, então não vejo tantos motivos para críticas”, apontou o dirigente.

Mas talvez a maior novidade seja a convocação de um atleta que, até então, não estava nos planos de Argel. O colombiano Sherman Cárdenas, que estaria de saída do clube, transformou-se em opção por conta da ausência de Jesús Dátolo, que sofreu uma entorse no tornozelo e foi poupado. A expectativa é que o argentino possa entrar em campo no sábado, contra o América-RN, pela Copa do Nordeste.

Adversário conhecido – O Bragantino tem uma peça que o Vitória lembra muito bem: o zagueiro Guilherme Mattis, que atuava no Leão até o ano passado. O zagueiro é amigo de Kanu, que, em boa fase, também será escalado como titular. “Tenho amizade com ele. Espero que ele faça um bom jogo, mas quero que a gente saia com a vitória. Na hora que entra dentro de campo a gente tem que garantir nosso pão, o leite das crianças, né? Vou fazer o melhor junto com meus companheiros pra gente sair com a vitória”, brincou o defensor do Rubro-Negro.

Vitória  x Bragantino – 2ª Fase da Copa do Brasil    

Local: Estádio Barradão, em Salvador

Quando: Quarta-feira, 22, às 19h30

Árbitro: Bráulio da Silva Machado

Assistentes: Johnny Barros de Oliveira e Thiaggo Labes (trio catarinense)

Vitória – Fernando Miguel, José Welison, Kanu, Fred e Euller; Uillian Correia, Willian Farias e Cleiton Xavier; Pineda, Kieza e André Lima. Técnico: Argel Fucks.

Bragantino – Renan Rocha, Kellynton, Guilherme Mattis, Juliano e Revson; Rafael Chorão, Adriano Paulista e Daniel Ferreira; Adenilson, Vítor e Anderson. Técnico: Alberto Félix. (As informações do A Tarde)

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *