• 22 de fevereiro de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 44 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
PMS (Operação Chuva 2)
PMS (Use Máscara)
PMS (Operação Chuva 1)
VIABAHIA (Maio Amarelo)
SECOM (Estado Solidário)

Dá para dizer que o Vitória tem, nesta quarta-feira, 22, o principal desafio da temporada: a obrigação de vencer em casa para se manter vivo. O Rubro-Negro terá de derrotar o Bragantino no Barradão, às 19h30, para avançar à terceira fase da Copa do Brasil.

Se perder, estará eliminado do torneio. Caso empate, terá que resolver nos pênaltis. Mas, pelo breve histórico do Leão em 2017, a missão é relativamente tranquila: até agora, o Vitória segue invicto no Barradão, com quatro triunfos em quatro jogos oficiais.

Ainda assim, o treinador Argel Fucks não vai poupar os titulares, e promove algumas novidades. Uma delas está no ataque, com o velocista Jean Paul Pineda no elenco principal. O chileno substituiu David contra o Bahia de Feira, no domingo, pelo Campeonato Baiano, e fez boa partida.

O jogador já tinha recebido elogios de Argel Fucks por conta da sua atuação contra o Flamengo de Guanambi, quando o Leão venceu por 6 a 1. Na ocasião, Argel afastou rumores de uma rixa com o atleta, pois chegou a afirmar que ele precisaria “trabalhar mais” para jogar como titular.

“O jogador tem que esperar a oportunidade. Demos oportunidade para ele no jogo contra a Juazeirense. Não é fazer rodízio, não gosto dessa palavra, mas dar oportunidade. Então, gostei muito da participação do Pineda, bela participação. Achei ele muito competitivo”, disse Argel.

Outra mudança será a entrada de Euller na lateral esquerda, posição antes ocupada por Geferson. A troca chega com alguma surpresa, já que o antigo titular, que vinha sofrendo críticas por parte da torcida, foi defendido pelo diretor de futebol Sinval Vieira.

“O Vitória não vem fazendo boas exibições, e vejo que muitas das críticas vêm caindo sobre Geferson. Mas o Vitória não toma gol pelo lado dele, o jogador que ele marca não avança, então não vejo tantos motivos para críticas”, apontou o dirigente.

Mas talvez a maior novidade seja a convocação de um atleta que, até então, não estava nos planos de Argel. O colombiano Sherman Cárdenas, que estaria de saída do clube, transformou-se em opção por conta da ausência de Jesús Dátolo, que sofreu uma entorse no tornozelo e foi poupado. A expectativa é que o argentino possa entrar em campo no sábado, contra o América-RN, pela Copa do Nordeste.

Adversário conhecido – O Bragantino tem uma peça que o Vitória lembra muito bem: o zagueiro Guilherme Mattis, que atuava no Leão até o ano passado. O zagueiro é amigo de Kanu, que, em boa fase, também será escalado como titular. “Tenho amizade com ele. Espero que ele faça um bom jogo, mas quero que a gente saia com a vitória. Na hora que entra dentro de campo a gente tem que garantir nosso pão, o leite das crianças, né? Vou fazer o melhor junto com meus companheiros pra gente sair com a vitória”, brincou o defensor do Rubro-Negro.

Vitória  x Bragantino – 2ª Fase da Copa do Brasil    

Local: Estádio Barradão, em Salvador

Quando: Quarta-feira, 22, às 19h30

Árbitro: Bráulio da Silva Machado

Assistentes: Johnny Barros de Oliveira e Thiaggo Labes (trio catarinense)

Vitória – Fernando Miguel, José Welison, Kanu, Fred e Euller; Uillian Correia, Willian Farias e Cleiton Xavier; Pineda, Kieza e André Lima. Técnico: Argel Fucks.

Bragantino – Renan Rocha, Kellynton, Guilherme Mattis, Juliano e Revson; Rafael Chorão, Adriano Paulista e Daniel Ferreira; Adenilson, Vítor e Anderson. Técnico: Alberto Félix. (As informações do A Tarde)

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
PMS (Operação Chuva 2)
PMS (Operação Chuva 1)
PMS (Use Máscara)
SECOM (Estado Solidário)
LemosPassos
VIABAHIA (Maio Amarelo)
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *