Zagueiro gaúcho do São José denuncia caso de racismo

  • 10 de abril de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 83 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
SECOM (Situação Grave)
PMS (Ações Sociais)

Mais um caso de racismo pode abalar o futebol brasileiro. O zegueiro Wagner Fogolari do São José pretende registrar, nesta terça-feira, um boletim de ocorrência, em função de ter sido chamado de macaco, por homem que estava em cima de um caminhão de som, que foi usado pelo Novo Hamburgo, antes, durante e no intervalo da partida entre as duas equipes, pelas quartas de final do Campeonato Gaúcho. O jogador só estava esperando a chegada do advogado do clube, prevista para esta segunda-feira, acentuando que o veículo estava estacionado no pátio do estádio do Vale, onde o jogo foi realizado. O zagueiro tem 27 anos, foi revelado nas divisões de base do Grêmio e já atuou por alguns clubes da Itália.                                                                Foto: EC São José – Divulgação

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
SECOM (Situação Grave)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *