Search
Close this search box.

Adolfo Menezes relembra que ALBA aprovou, de forma unânime, proibição de pistolas d’água no Carnaval

Ao lado do governador Jerônimo Rodrigues, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Adolfo Menezes, participou nesta segunda-feira (29.01), no auditório do Centro de Operações e Inteligência (COI) da SSP, no Centro Administrativo, do lançamento do Portal Alerta Cidadão – uma ação direta da Secretaria de Segurança Pública voltada para o Carnaval. Durante a cerimônia, o governador assinou ainda decreto que regulamenta a proibição do uso de “pistolas de água” durante o Carnaval e festas de rua na Bahia.

“Em maio do ano passado, a Assembleia Legislativa da Bahia aprovou, por unanimidade, o projeto de autoria da deputada Olívia Santana, que proíbe pistolas de água no Carnaval. As pessoas dizem que, no passado, isso era possível. Sim, porque faltava a consciência de que é agressivo. Como posso achar que é normal lançar um jato d’água sobre uma mulher, ou beijá-la, sem o consentimento dela? Não é que podia nos carnavais passados, mas é que prevalecia uma cultura machista de que a mulher tinha que aguentar tudo e não reclamar”, opina o chefe do Legislativo estadual.

Para o presidente da ALBA, a lei é para garantir a segurança e bem-estar de todas as pessoas, coibindo práticas de agressão, misoginia e de machismo. “E o Portal Alerta Cidadão é mais uma ferramenta de inteligência da nossa Segurança Pública, muito bem comandada pelo secretário Marcelo Werner, em consonância com os comandantes- das polícias Militar e Civil, coronel Paulo Coutinho e delegada-geral Heloísa Brito, respectivamente”, elogia Adolfo.

Através do Portal Alerta Cidadão, as baianas e baianos podem registrar itens de sua propriedade, a exemplo de veículos, celulares e bicicletas, e, em caso de furto ou roubo, o próprio sistema emite um alerta para o banco de dados da Secretaria de Segurança Pública.

Assembleia Legislativa

Ascom/Gabinete da Presidência

Fotos: Vaner Casaes/ALBA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *