Search
Close this search box.

Conmebol acena tomar medida polêmica sobre destino da Libertadores

Surge a possibilidade da Conmebol anular a Libertadores da América e a Copa Sul-Americana de 2020, por conta de todo o cenário vivido diante da pandemia do novo coronavírus, que obrigou a paralisação dos campeonatos e treinos.

Presidido pelo paraguaio Alejando Domínguez, o órgão avalia esta ação por conta dos diferentes estágios de contaminação da COVID-19 em toda a América do Sul. Ainda é apenas uma hipótese, mas a entidade tem consultado os clubes sobre a mesma. E eles têm regido na linha de ser uma “péssima ideia”.

A atitude dos mesmos pode se dar por vários motivos: perda de receita e visibilidade, além da questão esportiva. As informações são do jornalista da ESPN Brasil Jorge Nicola em seu blog no portal Yahoo!

“Seria um caos transportar delegações de 30, 40 ou 50 pessoas de um país para outro no nosso continente”, disse ao jornalista o presidente de um clube da Série A do Campeonato Brasileiro, que também falou sobre o assunto.

“Não daria para fazermos toda a Libertadores numa única cidade, até porque só estamos no começo do torneio”, seguiu o dirigente, que mostrou preocupação com a situação atual.

Foto: Divulgação/Conmebol

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *