Search
Close this search box.

Coronavírus mata o maior jogador de futebol do Iraque

Ahmed Radhi, ex-jogador de futebol e considerado o maior ídolo do futebol iraquiano, morreu na manhã deste domingo (21) aos 56 anos idade devido a problemas do coronavírus. A divulgação da notícia da morte aconteceu poucas horas depois de sua transferência por via aérea para a Jordânia.

Ahmed Radhi tinha sido hospitalizado em Bagdá na semana passada, após testar positivo para a Covid-19. O ex-jogador deixou o hospital na quinta-feira (18), mas voltou no mesmo dia.

Verdadeiro ídolo do futebol do Iraque, Ahmed Radhi marcou o único gol de sua seleção em uma Copa do Mundo, no jogo contra a Bélgica em 1986, no México, quando a sua seleção perdeu por 2 a 1.

O jogador também foi líder do Iraque nos títulos das edições de 1984 e 1988, da Copa do Golfo das Nações. Em 1988, quando também disputou os Jogos Olímpicos de Seul, foi escolhido como o melhor jogador asiático do ano. Em 1999 ficou em nono lugar na votação de melhor jogador do continente no século XX. Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *