Search
Close this search box.

Daniel Alves chega a tribunal para julgamento

Começa nesta segunda-feira (5), o julgamento do baiano Daniel Alves, acusado de agressão sexual contra uma mulher, em uma boate da cidade, em dezembro de 2022. Presente no Tribunal Provincial de Barcelona, o jogador foi escoltado por um caminho alternativo e entrou na sala por uma porta traseira, sem passar na frente dos jornalistas no local.

Neste primeiro dia, estão previstos os depoimentos da suposta vítima do jogador, uma amiga e uma familiar da denunciante, além de representantes do Ministério Público, da acusação e da defesa de Daniel Alves. O depoimento da suposta vítima será totalmente confidencial, como medida de proteção para não identificação da pessoa. O jogador brasileiro deve falar na quarta-feira, último dia do julgamento, caso não deponha nesta segunda, segundo a imprensa espanhola.

Daniel Alves foi preso preventivamente em 20 de janeiro de 2023. Ele teve quatro pedidos de liberdade provisória negados pela Justiça da Espanha, que usou como argumento o risco de fuga para o Brasil.

O Ministério Público pede nove anos de prisão para o brasileiro. A defesa da suposta vítima quer 12 anos — pena máxima para esse tipo de crime no país.

O julgamento na 21ª seção da Audiência de Barcelona é presidido pela juíza Isabel Delgado Pérez, acompanhada dos magistrados Luis Belestá Segura e Pablo Díez Noval.

A Justiça impôs a Daniel Alves o pagamento de € 150 mil (R$ 783 mil) à vítima caso seja condenado, a título de danos morais e psicológicos. O lateral-direito está em prisão preventiva no Centro Penitenciário Brians 2, nos arredores de Barcelona. Não há prazo definido para a apresentação da sentença final.

Foto: Jordi Borràs / ACN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *