Search
Close this search box.

Diretor técnico da F1 admite que corridas podem voltar em julho

Ross Brawn, diretor técnico da Fórmula 1, entende que a temporada deste ano pode começar no mês de julho, na Europa, e possivelmente em corridas com os portões fechados. Com o início do Campeonato Mundial no meio do ano, ele acredita ser possível um calendário com até 19 etapas.
As declarações foram feitas justamente um dia após o adiamento de mais um GP, desta vez o do Canadá. Esta foi a nona etapa do calendário adiada, em função da pandemia do coronavírus. Ele admite que se conseguir iniciar a competição em julho, pode realizar 19 corridas na temporada. E para isso seria necessário ter corridas em três finais de semanas consecutivos.

Numa entrevista que foi concedida ao site oficial da F1, na tarde desta quarta-feira (08), o dirigente também garante que o objetivo de toda a categoria é realizar as corridas, o mais cedo possível, para que os fãs do modalidade esportiva possa ter diversão num momento tão difícil. Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *