Search
Close this search box.

Empresa que vendeu Maycon aciona o Corinthians na Justiça

O Corinthians sofreu na última mais um processo na Justiça por causa de uma dívida. Agora, a ação está sendo movida pela empresa B2F, responsável pela carreira do jogador Maycon, que saiu o clube em 2018.

A B2F tem como sócios os agentes Bruno e Fulvio Misorelli e está cobrando hum milhão, 270 mil reais do Corinthians. Esta importância é referente ao percentual que a empresa teria direito pela venda de Maycon para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, em março de 2018.

A B2F alega no processo que o clube paulista  recebeu 28 milhões e 300 mil reais pela transferência e teria de repassar 10%. O equivalente, ao valor solicitado no processo. A empresa alega que só recebeu hum milhão e 500 mil reais.1 de 1 Corinthians vendeu Maycon em março de 2018; volante cobrou o pênalti que garantiu o título paulista daquele ano — Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthia

Na ação, o advogado da B2F pede que a dívida seja saldada em até três dias. Caso isso não ocorra, ele solicita que haja penhora e avaliação dos bens do clube, de preferência valores em conta bancária. O Corinthians tinha 80% dos direitos de Maycon, que foi formado nas categorias de base do clube. Como jogador profissional, o volante conquistou dois Campeonatos Paulistas e um Brasileiro. Ele chegou a disputar 107 jogos e marcou oito gols. Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *