Search
Close this search box.

Fluminense derruba tabu contra a LDU do Equador e é campeão da Recopa Sul-Americana

Acabou o incômodo tabu negativo contra a LDU do Equador. Depois do vices, na Libertadores 2008 e na Sul-Americana 2009, o Fluminense se vingou e conquistou um título em cima dos equatorianos. A vingança do Fluminense veio com a heroica vitória sobre por 2 a 0 no Maracanã, na noite desta quinta-feira ( 29) pelo jogo da volta Recopa Sul-Americana. Jhon Arias fez, na etapa complementar, de cabeça e em cobrança de pênalti os gols do triunfo tricolor.

O Fluminense atuou com um jogador a menos desde 34 minutos da etapa completar, quando vencia por 1 a 0, já que John Kennedy foi expulso. Apesar da adversidade, o Tricolor mostrou resiliência para buscar o resultado que lhe deu o título.

O Fluminense havia perdido o jogo de ida, em Quito, no Equador, por 1 a 0. No entanto, com o resultado desta noite, venceu a LDU por 2 a 1 no placar agregado e sagrou-se campeão da Recopa Sul-Americana pela primeira vez.

FICHA TÉCNICA DO JOGO

FLUMINENSE 2 X 0 LDU

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Facundo Tello (ARG)

Cartões amarelos: Thiago Santos (FLU) / Quintero e Jhojan Julio (LDU)

Cartões vermelhos: John Kennedy, Samuel Xavier, no banco, e Diogo Barbosa, no banco (FLU) / Adrián Gabbarini (LDU)

Gols: Jhon Arias (1-0) (31’/2ºT) / Jhon Arias (2-0) (45’/2ºT)

FLUMINENSE : Fábio; Samuel Xavier, Thiago Santos, Felipe Melo (John Kennedy, Intervalo) e Diogo Barbosa (Marcelo); André, Martinelli e Paulo Henrique Ganso (Renato Augusto); Keno (Douglas Costa), Jhon Arias e Germán Cano.

(Técnico: Fernando Diniz)

LDU: Alexander Domínguez; Quintero, Ricardo Adé, Richard Mina e Quiñónez; Zambrano, Valverde e Sebastián González; Pivoi, Estupiñán (Jhojan Julio) e Hurtado (Arce).

(Auxiliar técnico: Adrián Gabbarini)

( Foto Divulgação Twitter FLUMINENSE)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *