Search
Close this search box.

Governador de Goiás descarta liberar volta aos treinos

Atlético-GO, Goiás e Vila Nova terão de esperar pelo menos mais 15 dias para falar em volta aos treinos. Em entrevista à Rádio Sagres na manhã desta terça-feira, o governador Ronaldo Caiado descartou nova flexibilização nas regras de isolamento em Goiás e disse que não há planos para liberar a retomada das atividades aos clubes de futebol.

Presidente do Atlético-GO, Adson Batista, não concorda com a decisão do governo, mas afirmou que irá respeitá-la. O dirigente citou que o Dragão já tem todo o procolo de retorno gradual e que deseja colocá-lo em prática o mais rápido possível. Ele cobrou mais interlocução entre Caiado e os clubes goianos.

” O Atlético-GO se preparou e fez gastos enormes para atender protocolos rigorosíssimos. O futebol é um dos meios mais protegidos. Acho que os treinamentos poderiam ser liberados tranquilamente, justamente por conta dos protocolos”, disse o globoesporte.com.

Mauro Machado, vice-presidente esmeraldino e que é médico, ressaltou os riscos de contágio que o coronavírus oferece e garantiu que o clube só retornará quando tiver “sinal verde”. Mesmo caminho seguido por Hugo Jorge Bravo, presidente do Vila Nova, afirmando que aguarda o novo decreto a ser editado pelo governo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *