Search
Close this search box.

Japão retira estado de emergência de Tóquio, sede das Olimpíadas

Sede das próximas Olimpíadas, Tóquio saiu do estado de emergência devido à pandemia do coronavírus. Nesta segunda-feira, o primeiro ministro do Japão, Shinzo Abe, anunciou o início da reabertura na capital do país depois de um mês e meio de isolamento social.

– Tínhamos um critério muito rígido para retirar o estado de emergência. Julgamos que alcançamos esse critério. Nesta segunda-feira nós retiramos o estado de emergência em todo o país. Em apenas um mês e meio, nós praticamente colocamos a situação (da pandemia) sob controle – disse Abe.

O Japão vinha progressivamente retirando o estado de emergência em regiões com melhor resposta à pandemia do coronavírus. Tóquio e mais quatro regiões (Hokkaido, Saitama, Chiba e Kanagawa) foram as últimas a iniciar a reabertura, nesta segunda-feira. Agora, cada cidade vai montar seu plano para retomar todas as atividades em segurança.

O Japão registrou 16.550 casos de coronavírus, com 820 mortos. O número de casos do país vem caindo progressivamente. Apenas oito novos registros foram anotados nesta segunda-feira.

A retirada do estado de emergência em Tóquio, porém, não garante a realização das Olimpíadas, que foram adiadas para 23 de julho a 8 de agosto de 2021. Na última semana, o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach admitiu pela primeira vez que as Olimpíadas podem ser canceladas caso a pandemia do coronavírus não esteja controlada em todo o mundo até ano que vem.

Ainda na semana passada, John Coates, vice-presidente do COI e presidente do Comitê Olímpico Australiano (AOC), afirmou que outubro será um mês crítico para entender se Tóquio poderá receber o megavento no ano que vem. Informações: GE.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *