Search
Close this search box.

Léo Condé credita derrota do Vitória à arbitragem: “Errou em dois lances capitais”

O Vitória conheceu, na noite da quarta-feira (1), sua segunda derrota na temporada. Atuando com a maioria dos jogadores reservas, o Rubro-Negro saiu do Estádio Waldomiro Borges derrotado para o Jequié, por 1 a 0. De quebra, o Vitória ainda viu o Bahia assumir a liderança da competição.

Depois do apito final, o técnico Léo Condé reclamou da arbitragem da partida. De acordo com o treinador, o Rubro-Negro teve um gol mal anulado e um pênalti não marcado.

“Infelizmente, hoje, a nota triste foi da arbitragem, né!? Não é transferir, não podemos tirar o mérito do Jequié, mas a arbitragem errou em dois lances capitais. Tenho certeza que o clube e a diretoria vão se movimentar. O campeonato é curto e não tem margem para erro nosso, nem da arbitragem”, avaliou.

“A questão ali do árbitro, ao longo da partida, ele picotou muito o jogo. A gente nos quatro primeiros jogos tomou muita pancada. Hoje, com dez minutos, ele amarelou Camutanga e Zapata com faltas normais. Os critérios não têm sido os mesmos. Eu nunca fui expulso como treinador profissional, hoje eu passei perto de ser. Reclamei de forma respeitosa com ele, mas ele estava muito nervoso”, acusou.

Apesar das reclamações, Condé avaliou o desempenho da equipe e explicou a ideia de entrar em campo com três zagueiros.

“Um pouco de tudo. A gente já jogou assim, a gente treina. O Luan ainda está se condicionando, o Daniel Jr. ainda faltam alguns detalhes, então ficamos sem meia ali. E também como Zapata está há muito tempo sem jogar, e ele já fez essa função de líbero, a gente fez essa opção. Mas não acho que perdemos por causa dos três zagueiros. O lance do pênalti e do gol a gente ainda estava com três zagueiros”,  explicou.

Léo Condé e Cia agora muda de foco e começa a preparação para a estreia na Copa do Nordeste diante do Altos, no Lindolfo Monteiro, em Teresina, em confronto marcado para as 16h (horário de Brasília).

Foto: Victor Ferreira/EC Vitória

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *