Search
Close this search box.

Léo Condé pondera falhas de goleiro e projeta o clássico contra o Bahia: “Jogo muito importante”

No confronto entre reservas, a Juazeirense levou a melhor sobre o Vitória, vencendo por 2 a 0, na noite da quarta-feira (14), no Estádio Adauto Moraes, pela terceira rodada da Copa do Nordeste.

Em entrevista coletiva o técnico Léo Condé analisou o revés fora de casa.

“A gente começou o primeiro tempo até bem, ali nos primeiros 15 ou 20 minutos. Criamos duas chances de gols, não fizemos. Depois eles acertaram um bom chute de fora da área e fizeram outro gol de bola parada. Aí a equipe se perdeu um pouco. No intervalo ajustamos e voltamos bem, criamos muitas situações de gol. Trabalhamos com bola em profundidade, bola pelo lado do campo, faltou a bola entrar. Mérito do adversário também, que se defendeu bem. Temos que olhar para frente agora”.

Entre os titulares do jogo em Juazeiro, o goleiro Maycon Cleiton foi o destaque negativo, falhando nos dois gols do Cancão de Fogo. Condé ponderou as falhas do arqueiro.

“Infelizmente, a gente criou muitas chances de gol, mas é futebol, futebol tem dessas coisas. Tivemos ali seis ou sete chances claras e não conseguimos fazer o gol. Eu precisava oferecer ritmo de jogo para aqueles que vinham atuando menos, e isso só é possível com mais tempo dentro de campo”.

O comandante Rubro-Negro comentou também sobre o clássico Ba-Vi, que será disputado neste domingo, no Barradão, pela sétima rodada do Campeonato Baiano. A partida está marcada para as 16h (horário de Brasília).

“Jogo muito importante para o campeonato, muito importante por tudo aquilo que representa. A gente tem expectativa, sim, de chegar forte para conseguir um resultado positivo”, finalizou.

Foto Victor Ferreira / EC Vitória

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *