Search
Close this search box.

Luiz Henrique não aceitou termos de contrato e negociação com o Botafogo trava

Dada como certa até mesmo por John Textor, a contratação de Luiz Henrique pelo Botafogo ganhou uma pedra no caminho. O combinado inicial entre as partes seria de que o Lyon adquiriria o atleta e o repassaria ao Alvinegro. A informação é do ge.

O empresário norte-americano, porém, quis mudar os termos na reta final para que a operação fosse do Real Betis, time do atacante, diretamente para o Glorioso.

A postura não foi bem vista pelo estafe de Luiz Henrique, que quer incluir uma garantia contratual de que o atacante voltará à Europa em um futuro próximo. No contrato inicial, ele assinaria por cinco anos com o Lyon e seria emprestado ao Botafogo. No modelo atual desejado por Textor, o vínculo de cinco temporadas seria com o Alvinegro.

Os termos com o Betis já estão acertados. John Textor pagará 16 milhões de euros fixos e mais 4 milhões em metas e bônus. No total, a operação pode chegar a 20 milhões de euros (R$ 106 milhões), a maior em valores absolutos da história do futebol brasileiro

O problema é com Luiz Henrique, que deseja o contrato com o Lyon. O combinado inicial era de retorno rápido à Europa, e o jogador quer garantias disso. Haverá uma reunião entre os representantes do atacante e o Botafogo para definir a questão de vez na segunda-feira.

Foto: Getty Images

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *