Search
Close this search box.

Marta diz que vai avaliar aposentadoria e quer jogar as Olimpíadas

Homenageada pela Fifa, batizando com seu nome ao prêmio The Best para o gol mais bonito do ano no futebol feminino, a brasileira Marta admitiu que deseja vestir a camisa da Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos, em julho, em Paris, e que ao fim da temporada vai avaliar sobre a aposentadoria.

“Eu saio daqui muito motivada, quero jogar mais uma vez as Olimpíadas, e depois disso vamos encontrar as respostas, se vou seguir ou vou parar”,  disse ela após a cerimônia Fifa The Best.

Prester a completar 38 anos, no próximo dia 19 de fevereiro, a camisa 10 da seleção feminina e do Orlando Pride (EUA) voltou a indicar a possibilidade de encerrar a carreira.

“Esse ano será primordial para que eu tenha noção do que eu quero fazer. Quando acabar a temporada eu vou ter algumas respostas para aquilo que eu não tenho agora. Pela minha idade, muita gente já me aposentou algumas vezes”, brincou.

Jogando no Orlando Pride desde 2017, a meia-atacante brasileira começará em março a nova temporada da National Women’s Soccer League (NWSL), que terminará em novembro, com a disputa dos playoffs.

Em agosto, a seleção brasileira disputará os Jogos Olímpicos de Paris, e Marta espera ser convocada para disputar pela sexta vez a competição. Mas quer estar na lista do técnico Arthur Elias para ajudar em campo, e não “para dar conselhos”.

“Se eu for para a seleção, não é pelo nome ou pelo história, mas é pelo momento, porque na verdade quem tem que estar na seleção são as melhores no momento”, afirmou.

Imagem Reuters

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *