Search
Close this search box.

Ministro da Saúde diz que retorno ao futebol não é uma prioridade

O futebol argentino, como em outros países, por conta da pandemia do novo coronavírus, está paralisado.

O Ministro Saúde afirma que, como vem acontecendo em alguns países, a exemplo do Brasil, que estão começando a dar os primeiros passos a fim de recomeçar treinos e jogos, na Argentina, a prioridade é outra.

“Devo dizer que o retorno ao futebol não é uma prioridade”, afirmou Ginés González García, Ministro da Saúde da Argentina, ao canal TN.

Os clubes seguirão em quarentena até alguma posição oficial das autoridades da saúde. A atual, porém, é negativa.

“Existem planos para alguns clubes treinarem em grupos, mas não todos. Não estamos nem perto do retorno do futebol, mas também é verdade que, para um jogador profissional, é muito difícil aguentar tanto tempo. Vamos falar sobre isso com Lammens (ministro do Turismo e Esportes)”, disse García.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *