Por dívida com cassino, treinador é suspenso

  • 30 de maio de 2017
  • Mário Freitas
  • Papo de bola
  • 0
  • 50 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
VIABAHIA (Institucional)
PMS (Dengue)
PMS (Coronavírus_Prevenção)
SECOM
JL CONTABILIDADE (novo endereço)

Bicampeão olímpico de tênis de mesa, Kong Linghui, foi afastado, nesta terça-feira, de seu cargo como treinador da equipe nacional feminina da China após ser denunciado por um hotel de luxo de Cingapura, que está cobrando dele uma dívida em seu cassino.

A Associação de Tênis de Mesa da China decidiu suspender Kong após conhecer a denúncia apresentada pelo hotel Marina Bay Sands, em Cingapura, que afirma que seu cassino emprestou 1 milhão de dólares locais (US$ 720.500) em 2015 ao treinador e que este, supostamente, não devolveu a totalidade do dinheiro.

O medalhista chinês se defendeu das críticas no rede social Weibo, uma plataforma similar ao Twitter, ao assegurar que não participou do jogo durante a viagem, na qual estava acompanhado de sua família e amigos. O medalhista olímpico explicou que apenas ajudou seus acompanhantes a "reunirem fichas" para jogar e que tinha feito contato com os envolvidos para que eles esclarecessem o ocorrido.

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
Nova Rádio
PMS (Coronavírus_Prevenção)
PMS (Dengue)
SECOM
JL CONTABILIDADE (novo endereço)
LemosPassos
VIABAHIA (Institucional)
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *