Search
Close this search box.

Presidente de clube pode ser banido do futebol

O cerco está fechado para Lúcio Barão, presidente do Barbalha. Nesta segunda-feira (08), o auditor do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol Cearense Frederico Bandeira, concluiu o inquérito desportivo contra o dirigente.

E as notícias não são animadoras. Em documento remetido para a Procuradoria do TJDF-CE, Frederico Bandeira viu notivos nas denúncias contra o presidente do Barbalha e pede o seu banimento, caso seja caso condenado.

No mês de maio, a Procuradoria pediu ao TJDF-CE a abertura de um inquérito contra Lúcio Barão, além da suspensão preventiva de 30 dias, após as acusações feitas pelo vice-presidente do clube, Roberto Macedo.

O presidente do Barbalha está sendo acusado acusado de se envolver em inúmeras irregularidades, como fraude em apostas, lavagem de dinheiro, além de desvio de verba.

Frederico Bandeira ainda pediu que o relatório fosse encaminhado para o Ministério Público do Estado (MP-CE) e para o Tribunal de Contas do Estado (TCE-CE), além da Comissão de Ética da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Mesmo com essas graves acusações, o presidente do Barbalha se mostra tranquilo e disse que o seu advogado está tranquilo e ele será absolvido em todos os julgamentos. Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *