Search
Close this search box.

São Paulo pode perder jogadores importantes por causa da pandemia

A crise da pandemia do Coronavírus atingiu o São Paulo. Passando por uma crise econômica e sem ter nenhuma previsão para o retorno dos campeonatos, a direção são-paulina vem tendo dificuldade para entrar em acordo com os patrocinadores e continuar recebendo receitas financeiras para pagar os vencimentos dos jogadores sem atrasos salariais.

O grande problema é que o SPFC está tentando reduzir os pagamentos aos atletas e pagar todo o elenco com um teto salarial de R$ 50 mil. Até por isso, não existe acordo com nenhum jogador e, se optar por tomar uma decisão unilateral, sem o “sim” do grupo, há uma possibilidade do Tricolor paulista sofrer baixas importantes no elenco, com a saída de alguns medalhões.

Atletas com vencimentos elevados, como Hernanes, Tiago Volpi, Pablo e outros, podem ficar insatisfeitos com a redução no salário. É nisso que os dirigentes do São Paulo ficam receosos de tomar qualquer ação para não perder nenhum jogador: “Se não houver acordo assinado e mesmo assim o empregador, no caso o São Paulo ou qualquer outro time, não efetuar o pagamento, o empregado (jogador) pode conseguir rescisão contratual na Justiça”, disse o advogado José Ricardo Biazzon Símo.

As conversas com todo o grupo seguem nesta semana, mas não há otimismo de nenhum dos dois lados para um acordo nesses moldes exigidos pela cúpula são-paulina. Ambos tentam encontrar uma forma do negócio ser bom para todo mundo e, assim, não existir nenhuma decisão mais drástica.

 

 

Foto: Divulgação/São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *