Ataques de tubarões adiam a etapa de surfe na Austrália

  • 17 de abril de 2018
  • Mário Freitas
  • Eles
  • 0
  • 37 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

As competições na terceira etapa do mundial de surfe foram adiadas. Depois de dois ataques de tubarão em menos de 24h e pedidos dos atletas pelo cancelamento das atividades, a World Surf League (WSL) decidiu interromper a competição em Margaret River, no oeste da Austrália. Em comunicado oficial, a instituição afirmou que a segurança dos atletas é prioridade e pediu para que os surfistam não entrem na água por enquanto.

– A WSL continua avaliando a situação atual em Margaret River Pro, onde ocorreram dois incidentes com tubarões confirmados perto de Gracetown nas últimas 24 horas. Nós agimos com nossos protocolos de segurança bem estabelecidos e estamos reunindo as informações mais recentes para determinar os próximos passos. Continuaremos a colaborar com todos os envolvidos, principalmente os surfistas. A segurança de todos continua sendo primordial. A competição de hoje (terça-feira na Austrália Ocidental) já foi cancelada e todos os surfistas foram aconselhados a não surfar na área. Estamos constantemente avaliando a situação e atualizaremos a todos o mais breve possível – informou a WSL.

Os dois ataques aconteceram em picos próximos ao local de competição. As vítimas foram surfistas que não participavam no torneio. Os dois sofreram ferimentos, mas foram rapidamente atendidos. Por conta dos ocorridos, Gabriel Medina e Ítalo Ferreira, brasileiros que entrariam em ação na noite desta segunda, se pronunciaram e disseram que não se sentiam seguros. Após o pedido dos atletas e a constatação da possibilidade de novos ataques, as competições foram adiadas.

A próxima chamada para a continuação da terceira etapa do mundial de surfe está marcada para às 20h (de Brasília), da próxima terça (17). Caso não haja mais problemas com tubarões e o mar esteja bom, as quartas de final do feminino serão disputadas. Já no masculino, a competição vai para a sua terceira fase, com a presença de oito brasileiros e três confrontos entre surfistas nacionais.

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *