Brasil preparado para o Mundial feminino de handebol na Alemanha

  • 29 de novembro de 2017
  • Mário Freitas
  • Elas
  • 0
  • 70 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

Campeão mundial em 2013, na Sérvia, o Brasil iniciava ali um ciclo olímpico visando a Rio 2016. O título surpreendeu o mundo e alçou o país a outro patamar. A história, porém, não terminou com o inédito pódio no Rio de Janeiro e a seleção caiu nas quartas de final para a Holanda naquela Olimpíada. Agora, de técnico novo e vivendo uma transição de gerações, o time joga o Mundial da Alemanha no começo de um trabalho com o espanhol Jorge Dueñas visando a vaga para Tóquio 2020 e mais: a reorganização de um grupo.

 

Do dia 1º ao dia 17, o Brasil terá pela frente no Grupo C a Dinamarca, Rússia, Japão, Tunísia e Montenegro. Quatro avançam para as oitavas de final. Sem o favoritismo de outrora, as brasileiras, apesar do respeito adquirido nos últimos anos, buscam ser novamente a surpresa, apesar de toda a dificuldade que terão pela frente.

 

Do grupo que disputou a Olimpíada do Rio, o Brasil não terá as pontas Alexandra e Fernanda, as pivôs Dani Piedade e Dara, que se aposentaram, as armadoras Mayara e Juliana Malta, e a central Fran da Rocha. Ou seja. De um ano para o outro, sete atletas deixaram o grupo para a chegada de novatas e jogadoras que também já haviam tido chances na seleção. Daquele time, ficam as goleiras Babi e Mayssa, as armadoras Deonise e Duda Amorim, a central Ana Paula, as pontas Jéssica Quintino e Samira Rocha e a pivô Tamires Morena.

 

Goleiras: Mayssa, Gabi Moreschi e Babi
Centrais: Ana Paula, Dani Joia e Patrícia 
Armadoras: Deonise, Duda Amorim, Karol Souza e Patrícia Batista 
Pontas: Samira, Jéssica, Daiane e Mari Costa 
Pivôs: Tamires Morena, Lígia e Tamires Costa
* Uma das jogadoras será cortada antes do começo do Mundial, mas pode substituir qualquer outra em caso de lesão

 

Tabela do Brasil

1ª rodada – 2 de dezembro 
14h45 – Brasil x Japão
2ª rodada – 3 de dezembro 
11h – Brasil x Tunísia
3ª rodada – 5 de dezembro 
14h45 – Brasil x Rússia
4ª rodada – 6 de dezembro 
17h30 – Brasil x Dinamarca
5ª rodada – 8 de dezembro
14h45 – Brasil x Montenegro

Oitavas de final
9, 10 e 11 de dezembro

Quartas de final
12 e 13 de dezembro

Semifinais
14 e 15 de dezembro

Final e bronze 
16 e 17 de dezembro

Informações : GE 

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *