Mesmo sendo o mais velho do mundo jogador renova contrato

  • 12 de janeiro de 2018
  • Mário Freitas
  • Eles
  • 0
  • 49 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)

O lendário atacante japonês, Kazuyoshi Miura, prestes a completar 51 anos, disputará sua 33ª temporada. Conhecido como Kazu, o atacante atuou no futebol brasileiro, italiano e com a camisa da seleção do Japão.

 

Kazuyoshi Miura, de 50 anos, prolongou nesta quinta-feira (11/01) seu contrato com o Yokohama, da 2ª divisão do futebol japonês, por mais um ano. O atleta, atuou por quase uma década no futebol brasileiro e defendeu as seleções do Japão de futebol e futsal.

 

A carreira de Kazu é marcada por marcas e recordes. Em 1982, Kazu embarcou sozinho para o Brasil, aos 15 anos, com o sonho de se tornar um jogador profissional. O pai de Kazu era um empresário milionário e apoiou financeiramente a aventura do filho. Kazu atuou quatro anos nas categorias de base do Juventus, em São Paulo.

 

Em 1986, no Santos, Kazu se tornou o primeiro japonês a jogar no Brasil. Ele seria emprestado ao Palmeiras e ao Matsubara. No ano seguinte, ele se tornou o primeiro jogador asiático a defender as cores de um clube nordestino – Kazu foi campeão alagoano com o CRB.

 

E Kazu continuou ganhando manchetes na mídia esportiva. Em 1988, foi o primeiro japonês a marcar um gol no futebol brasileiro, quando atuava pelo XV de Jaú, do interior de São Paulo. Ele balançou as redes no Campeonato Paulista em partida contra o Corinthians. No ano seguinte, foi campeão paranaense com o Coritiba, antes de retornar ao Santos em 1990.

 

Informações: Terraesportes

 

Foto: Getty Images

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *