Mourinho vai pagar 3,4 milhões ao fisco para evitar prisão

  • 8 de maio de 2018
  • Mário Freitas
  • Eles
  • 0
  • 71 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
LemosPassos
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
PMS (Operação Chuva 2)
PMS (Use Máscara)
PMS (Operação Chuva 1)
VIABAHIA (Maio Amarelo)
SECOM (Estado Solidário)

José Mourinho, declarado culpado por fraude fiscal, é a nova vítima do fisco. E, segundo o jornal El Mundo, o treinador português chegou a um acordo com a Fazenda espanhola para pagar uma multa de 800 mil euros (cerca de 3,4 milhões) a fim de evitar a prisão.

O pagamento da quantia foi a forma encontrada pela defesa do treinador para evitar a pena de 12 meses solicitada no processo que corresponde aos anos de 2011 e 2012, período em que comandou o Real Madrid. A Fazenda acusa Mourinho fraudar cerca de 3,3 milhões de euros (aproximadamente R$13,9 milhões) referentes a direitos de imagem estabelecidos no contrato com o clube merengue, não declarados.

Hoje dirigindo o United, o comandante português é mais uma personalidade do futebol a enfrentar a justiça da Espanha por crimes fiscais. Mais recentemente, Xabi Alonso, atleta de Mourinho no Real, foi condenado a cinco anos de prisão, além do pagamento de uma multa. Cristiano Ronaldo e Messi foram outros jogadores a serem condenados pelo fisco.

 

O processo do treinador português chegou a sua fase final, o que obrigou o acordo para evitar o cumprimento da pena na prisão. Em 2015, o caso foi encerrado, mas reaberto um ano depois após uma denúncia do Ministério Público pela ausência de declaração dos valores de imagem, parte do salário de jogadores e técnicos de futebol.

 

Informações: Gazeta

 

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
ALBA
Nova Rádio
CMS (Brisa de Esperança)
PMS (Operação Chuva 2)
PMS (Operação Chuva 1)
PMS (Use Máscara)
SECOM (Estado Solidário)
LemosPassos
VIABAHIA (Maio Amarelo)
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *