Mourinho vai pagar 3,4 milhões ao fisco para evitar prisão

  • 8 de maio de 2018
  • Mário Freitas
  • Eles
  • 0
  • 49 Visualizações
Compartilhe
RR
Jl Contabilidade
BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
LemosPassos
SECOM (Mais Investe)
PMS (Realizações) Reurbanização

José Mourinho, declarado culpado por fraude fiscal, é a nova vítima do fisco. E, segundo o jornal El Mundo, o treinador português chegou a um acordo com a Fazenda espanhola para pagar uma multa de 800 mil euros (cerca de 3,4 milhões) a fim de evitar a prisão.

O pagamento da quantia foi a forma encontrada pela defesa do treinador para evitar a pena de 12 meses solicitada no processo que corresponde aos anos de 2011 e 2012, período em que comandou o Real Madrid. A Fazenda acusa Mourinho fraudar cerca de 3,3 milhões de euros (aproximadamente R$13,9 milhões) referentes a direitos de imagem estabelecidos no contrato com o clube merengue, não declarados.

Hoje dirigindo o United, o comandante português é mais uma personalidade do futebol a enfrentar a justiça da Espanha por crimes fiscais. Mais recentemente, Xabi Alonso, atleta de Mourinho no Real, foi condenado a cinco anos de prisão, além do pagamento de uma multa. Cristiano Ronaldo e Messi foram outros jogadores a serem condenados pelo fisco.

 

O processo do treinador português chegou a sua fase final, o que obrigou o acordo para evitar o cumprimento da pena na prisão. Em 2015, o caso foi encerrado, mas reaberto um ano depois após uma denúncia do Ministério Público pela ausência de declaração dos valores de imagem, parte do salário de jogadores e técnicos de futebol.

 

Informações: Gazeta

 

BRAVO
INTERNACIONAL TRAVESSIAS
Viabahia
ALBA
SECOM (Mais Investe)
PMS (Realizações) Reurbanização
LemosPassos
RR
Jl Contabilidade
Compartilhar:

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *