Search
Close this search box.

Corinthians pede para não jogar aos domingos e em horários noturnos

Uma notícia que vai dar o que falar surgiu no noticiário esportivo desta quinta-feira (13).  O Corinthians informou à Federação Paulista de Futebol, à CBF e à Rede Globo de que não pretende mais jogar nos dias de domingos e também à noite. A medida é para evitar eventuais processos trabalhistas.

A decisão do clube foi tomada um dia depois que o volante Maicon vencer uma ação na Justiça de São Paulo, devido à falta de pagamento de adicionais noturnos e atividades realizadas nos domingos e feriados no período em que defendeu o São Paulo, entre os anos de 2012 a 2015.

Há pouco tempo, o Corinthians também foi processado pelo ex-zagueiro Paulo André com alegações parecidas. Ele decidiu tirar a ação e acabou entrando em acordo com o clube. O presidente Andrés Sanchez quer começar um movimento de união dos clubes para evitar que seja aberto um precedente para ações deste tipo possa se tornar casos recorrentes.

NOTA DA GLOBO
Ao tomar conhecimento da decisão do Corinthians a direção da Rede Globo se apressou e distribuiu uma nota oficial com esclarecimentos sobre o assunto:

“Os jogos aos domingos e em horários noturnos são uma tradição de décadas e se consolidaram como parte da rotina dos torcedores. Essa não é uma característica específica do futebol brasileiro, acontece com o esporte no mundo todo, que, como produto de entretenimento, é disputado em horários atrativos para seus fãs. Clubes, Federações e CBF, como protagonistas e organizadores das competições nacionais, devem zelar para que elas ocorram em ambiente de segurança para os jogadores, estrelas do espetáculo. Às autoridades cabe considerar as peculiaridades dessa atividade profissional, inclusive dias e horário em que tradicionalmente é desempenhada, a fim de que se fortaleça e possa continuar a oferecer opção de trabalho para milhares de brasileiros. A Globo é parceira incondicional do esporte nacional e continuará a contribuir para seu desenvolvimento, buscando a maior divulgação possível da transmissão dos espetáculos esportivos. Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *